• Bruna Macedo

Qual a importância dos rótulos e etiquetas na experiência do cliente?

Já parou pra pensar se a Coca-Cola Zero Açúcar é realmente zero açúcar?! E o produto light, é mesmo menos calórico que o produto comum?


Essas são algumas perguntas frequentes que nós consumidores fazemos com o intuito de saber se o produto condiz com o que oferece. E como podemos tirar as próprias conclusões? Para isso, temos a indispensável rotulagem e etiqueta que acompanham o produto na sua embalagem.



Afinal, você sabe de fato a importância dos rótulos ?


É através dos rótulos que descobrimos informações relacionadas ao produto e seu fabricante de forma detalhada. Assim, referem-se aos ingredientes, principalmente aqueles capazes de causarem reações graves (os alergênicos), características nutricionais para comestíveis, instrução de uso, prazo de validade, data de fabricação, orientação para armazenamento, o volume contido, nome da empresa responsável, um contato SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), e entre diversas outras características possíveis de serem adicionadas em mercadorias alimentícias ou não.


Rotulagem Nutricional: a nova legislação entra em vigor


Quanta informação, não é mesmo? Algumas delas até deixamos passar despercebido pela falta de leitura da embalagem no momento da compra, ou nem notamos a ausência da mesma, e a partir disso que entra a responsabilidade do fabricante para a venda do produto.


Entrou em vigor uma nova medida da ANVISA, a partir de outubro de 2022, como caráter obrigatório, assim como os anteriores, o regulamento técnico padrão para rotulagem nutricional de alimentos, bebidas e embalados.


A novidade no regulamento consiste na rotulagem nutricional frontal, com um design de uma lupa indicando alta concentração de açúcar, gorduras saturadas e/ou sódio, substâncias relevantes para a saúde. Além dos detalhes na tabela que deverá ter fundo branco e fonte preta, a fim de fornecer um melhor contraste na visibilidade do leitor.


Os produtos isentos são apenas bebidas alcoólicas, erva mate, café, chá, água, sal, frutas e vinagre, porém mesmo em exceção da obrigatoriedade, é sempre uma boa escolha utilizar a rotulagem.


Você sabe o que está consumindo?


Para vender um produto, não basta apenas colocar uma simples etiqueta sobre o que ele é. De acordo com a legislação de Rotulagem de Alimentos Embalados, é necessário fornecer informações como valor calórico, proteínas, gorduras, carboidratos, fibras alimentares, vitaminas e minerais.


Além disso, uma característica que está ganhando espaço nos rótulos são as porções recomendadas, considerando o consumo ideal de calorias por dia. Essas quantidades auxiliam o consumidor a realizar escolhas alimentares de forma consciente.


Consumo consciente


A atual procura dessa consciência nutritiva é consequência de consumidores que possuem o desejo de melhorar sua alimentação, visando a própria saúde e bem estar.


Orientados por um nutricionista ou não, observam a necessidade de balancear a quantidade ingerida de substâncias que possuem em um determinado produto, e é através da rotulagem que é possível fazer comparações entre os produtos e tirar conclusões de qual é o mais ideal, ou mais saudável, ou até passivo de descarte para uma dieta balanceada.


Rótulos e etiquetas: Mais atração, credibilidade e informação


Consegue perceber o quão é importante a função dos rótulos? É basicamente o “Registro Civil” dos produtos no “mundo do comércio”, não há solução mais informativa e adequada ao produto que a rotulagem. Sua presença enriquece seu valor, demonstra credibilidade, que atrai a atenção do consumidor, oferece visibilidade para a fábrica responsável e ainda ajuda na experiência do cliente na hora das compras.


Rótulos ricos em informações são disparadamente melhores que simples etiquetas que dizem apenas o significado do produto. E se a Coca-Cola sem açúcar fosse exposta com apenas isso escrito em sua embalagem? Você acreditaria? É difícil passar credibilidade de maneira assim tão vaga.


Logo, você que é empreendedor, ou microempreendedor que deseja começar no mercado com o pé direito, ou já fornece algum produto sem um rótulo ideal, não tem mais desculpas para dizer que não conhece a importância, ou o quanto pode ser benéfico a inclusão de uma rotulagem nas mercadorias.


Portanto, a Núcleo Consultoria Júnior se dispõe para realizar esse serviço profissionalmente, de acordo com as normas mais atualizadas da ANVISA, e por um preço de custo, que pode te livrar de multas por fiscalização da Vigilância e até mesmo ajudar no índice das suas vendas.


Caso tenha gostado do conteúdo, compartilhe pra quem ainda não nos conhece ou está procurando algum dos serviços que oferecemos, e se é a sua primeira vez aqui, convidamos a navegar pelo nosso site e conhecer mais sobre o nosso trabalho.



#rotulagemnutricional #ANVISA #novalegislação #rótulonutricional #informaçõesnutricionais #novaregulamentação