• Emanoelly Sacramento

Feedback: o que é, tipos e como aplicar na minha empresa?

Atenção! Você já parou para pensar o que significa Feedback? O que pode trazer de benefício para você e seus funcionários? Quais os tipos? Qual a sua importância e como aplicar no seu negócio?


Bom, esse artigo irá te ajudar a entender e como aplicar no seu dia a dia e na sua empresa.

Venha conferir!


O que é Feedback?


De acordo com o dicionário Oxford Languages, temos como significado de feedback a informação que o emissor obtém da reação do receptor à sua mensagem, e que serve para avaliar os resultados da transmissão. Então, como podemos transmitir um feedback?


A comunicação clara é primordial para transmitir o que você deseja, e o feedback é uma ferramenta para desenvolver suas habilidades, seu desempenho e conduta, através do provimento da informação que recebe das suas ações.


Assim, podemos obter uma avaliação construtiva das realizações, falhas e atitudes do seu trabalho, que muitas das vezes não consegue perceber. Com essa ferramenta, terá essa informação em suas mãos para o seu crescimento. Logo, o feedback tem como objetivo reorientar e/ou estimular uma ou mais ações determinadas, executadas anteriormente por você.


Existem tipos de feedback?


Sim! Utilizar essa ferramenta envolve muito mais do que simplesmente chegar e dizer sua opinião. Existem maneiras para fazer isso, alguns mais eficientes e outros nem tanto. Vamos lá!


O primeiro tipo de feedback é o positivo, que tem como função reforçar um comportamento que se deseja repetir. Descreve um comportamento ou uma ação específica e deve ser sempre utilizado para que a pessoa continue agindo conforme o desejado, estimulando a ação feita.


O segundo tipo de feedback é o construtivo, que tem como função transformar um comportamento. Descreve um comportamento, uma ação inadequada e prejudicial. Desse modo, deve ser sempre utilizado para que a pessoa que receba, compreenda que é para seu crescimento.


Por isso, sempre fique atento quando for emitir esse tipo de feedback, tomando sempre os devidos cuidados como: obter empatia pelo seu colega de trabalho, ausência de ataque e modo defesa e relacionando-se de forma autêntica, para que não se torne ofensivo esse tipo de feedback.


O terceiro tipo de feedback é o Insignificante, que não possui função clara, pois é vago ou genérico, confunde a pessoa que está recebendo esse tipo de feedback. Dessa forma, compromete os resultados da ferramenta.


O quarto tipo de feedback é o ofensivo, que não orienta e nem estimula a aprendizagem, pelo contrário, interrompe o crescimento de quem recebe, não desenvolvendo suas habilidades e condutas, podendo gerar conflitos entre as pessoas de trabalho.


E quais são os benefícios?


O feedback é um instrumento indispensável para gestores pois norteia a sua equipe para os caminhos que necessitam crescer e se qualificar, demonstrando transparência que leva a confiança e resultados excelentes de melhoria pessoal de cada membro e como uma equipe.


A comunicação entre a equipe é um benefício chave de ouro! Pois, através do feedback que se possui uma sinalização do que está impulsionando os trabalhos, a conduta que deve se repetir e o que está ruim e precisa mudar, pois, estamos sempre evoluindo e querendo impactar pessoas e com o mesmo pode -se planejar e ter estratégias para bater metas em sua empresa.

Dessa maneira, torna um ambiente de trabalho favorável a entrega, possuindo momento de motivação para seus funcionários que mostra o desenvolvimento de cada um e como estão contribuindo para a empresa.


Uma equipe que possui transparência, atenta as observações feitas para melhoria e estimulada, levará resultados de qualidade. Logo, essa ferramenta contribui para o lucro da empresa.


Como aplicar o feedback na minha empresa?


Tendo em vista os benefícios e a necessidade do feedback, como fatores de desenvolvimento e inclusão dessa cultura dentro de uma empresa, podemos citar alguns exemplos de como aplicar:

  • Criar um ambiente adequado;

  • Dar feedbacks individuais e em grupo;

  • Fazer da prática um hábito;

  • Promover avaliações anônimas;

  • Disponibilizar diferentes canais para feedback.


A partir desses objetivos, o líder terá maior conhecimento sobre sua equipe em vários aspectos importantes, fazendo com que o profissional se sinta valorizado e note que as suas dificuldades são vistas como oportunidade de progresso.


Uma proposta de metas a serem definidas pode ser um ótimo fator de desenvolvimento, ou seja, tanto o líder quanto o colaborador podem aplicar o feedback para encorajá-los e se sentirem amparados.


Esperamos ter ajudado com esse artigo a respeito do entendimento e a forma de aplicar o feedback no dia a dia em sua empresa. Aqui na Núcleo Consultoria Jr, temos uma cultura de sempre dar feedbacks e também os receber, visto que, essa é uma maneira incrível de alavancar o desenvolvimento das pessoas.


#feedback #empresa #negocios #comunicacao