top of page

Desvendando a Empresa Júnior: Benefícios e Razões para Considerar a Contratação

Originado no ano de 1967, o Movimento Empresa Júnior (MEJ) revolucionou a vivência empresarial de estudantes universitários em todo o mundo. A Junior Enterprise, a primeira empresa júnior registrada historicamente, teve sua criação em Paris, na França, mais especificamente na ESSEC (L’École Supérieure des Sciences Économiques et Commerciales de Paris), por alunos de economia que ansiavam a criação de uma associação capaz de proporcionar uma experiência empresarial real, além de prestar serviços de consultoria para empresas do mercado. Após o sucesso inicial, o MEJ espalhou-se para outros cursos presentes nas universidades francesas, como administração e engenharia. A trajetória do Movimento Empresa Júnior, desde sua origem, até sua expansão para diferentes cursos universitários, é um testemunho da sua influência transformadora na formação empresarial de estudantes ao redor do mundo.




No entanto, você já parou para pensar sobre as possíveis vantagens de fechar um negócio com uma empresa júnior em vez de uma empresa sênior? Quais são os benefícios de contratar uma EJ? Quer saber mais? Siga o fio!


Preço Abaixo do Mercado


Como as empresas juniores são associações sem fins lucrativos, o valor cobrado pelos serviços prestados é totalmente destinado para o investimento e a manutenção da empresa, além da capacitação dos membros, garantindo maior excelência na elaboração de projetos e na prestação de serviços. Consequentemente, há uma maior democratização quanto ao acesso ao trabalho de uma EJ.


Os Empresários Juniores possuem conhecimento em diversas áreas


Os integrantes do MEJ desenvolvem conhecimentos e habilidades além dos ensinados em sala de aula. O estudante tem a oportunidade imediata de colocar em prática aquilo que foi aprendido ao longo de sua graduação. Esse conhecimento adquirido possibilita a criação de projetos mais completos e inovadores, focando na resolução de problemas.


O funcionamento ocorre da mesma forma que uma Empresa Sênior


Mesmo sendo vinculadas às Instituições de Ensino Superior, as EJs funcionam de maneira similar às Empresas Sênior. Há divisão em departamentos, os projetos contam com assinaturas de profissionais formados (válidas perante qualquer órgão), apresentam CNPJ e a obrigação do pagamento de impostos.


A formação de um Brasil mais empreendedor


Os integrantes das empresas juniores estão constantemente lutando contra a zona de conforto, sempre em busca de oportunidades para a inovação e o desenvolvimento. Isso possibilita um atendimento personalizado para micronegócios, por meio da comunicação constante entre a empresa e o cliente. O inconformismo com a realidade é outro atributo que garante a busca por soluções melhores e mais viáveis para resolver os problemas dos clientes.


Juniores de sucesso


Um dos exemplos mais notórios de sucesso no âmbito das Empresas Juniores (EJs) é o caso da Caduceu Jr. Iniciada na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), localizada no Rio Grande do Sul, essa empresa júnior tinha como foco principal auxiliar microempreendedores individuais (MEIs). No entanto, enfrentou desafios significativos em meio à concorrência com uma instituição maior: o Sebrae.

De forma notável e inovadora, os membros da Caduceu Jr. buscaram estabelecer uma parceria com essa entidade sênior. Após diversas respostas negativas, finalmente, em 2016, o Sebrae aceitou a colaboração proposta. Isso trouxe à empresa júnior um desafio considerável: ela se tornaria responsável por formalizar, alterar e encerrar os cadastros de mais de 5 mil MEIs em Santa Maria. Além dessa tarefa, também lhes foi atribuído o suporte aos empresários no preenchimento de suas declarações de rendimento.


Empreendedores do futuro


Em um mundo cada vez mais dinâmico e empreendedor, o Movimento Empresa Júnior (MEJ) oferece um ambiente onde os estudantes podem aplicar seus conhecimentos adquiridos em sala de aula, além de contribuir para o desenvolvimento de um país mais inovador.

Empresas juniores, como a Caduceu Jr., evidenciam a capacidade dos jovens de criar impacto na sociedade, inspirando mudanças e forjando um caminho para o sucesso. Logo, ao apoiar o trabalho de uma EJ, a sociedade investe no crescimento não apenas das organizações, mas também na formação de líderes empreendedores que serão responsáveis pela criação do cenário empresarial futuro.


Conseguimos demonstrar os motivos pelos quais contratar uma empresa júnior e seus benefícios?

Caso tenha gostado do conteúdo, siga a Núcleo Consultoria nas redes sociais e acompanhe o nosso blog para mais novidades.




Comments


bottom of page