top of page

ANÁLISE DE ÁGUA E QUÍMICAS: PROTEGENDO SEUS CLIENTES E SUA FAMÍLIA

Já parou para pensar sobre a qualidade de seus produtos? Da água que você utiliza?

Seja em seu comércio ou em sua residência, realizar uma análise mais aprofundada do que é consumido se torna primordial para garantir sua segurança.

Ficou interessado? Segue o fio para saber mais!



Por ser nosso principal recurso natural, a água torna-se indispensável para a vida. Em vista disso, sua análise é essencial para assegurar a saúde de seus clientes ou de sua família. A partir dela, podem-se ser testados diversos aspectos que garantam sua qualidade, tais quais estudos microbiológicos e físico-químico.


Análise microbiológica


Seu propósito é examinar e verificar se existem microrganismos patogênicos nela, ou seja, se ela foi contaminada por contato com esgoto e fezes, seus vírus, bactérias etc. A análise microbiológica é a etapa mais importante para garantir a segurança de sua água, uma vez que evita o aparecimento de diversas doenças provenientes dela, como diarreias e a cólera.


Análise físico-química


Aqui é onde se realizam os estudos físico e químico da água para garantir que ela esteja adequada e própria ao uso. Seu diagnóstico físico, como o nome já diz, verifica os aspectos físicos da água avaliando seu sabor e aroma, coloração e até mesmo sua turbidez.

  • Sabor e aroma: são causadas pelas cianobactérias, as quais além de causar sabor e aroma à água, também são capazes de produzir toxinas que põem em risco a saúde. Ademais, estão associadas a presença de resíduos industriais e matéria orgânica em decomposição;

  • Coloração: pode ser um indicativo de excesso de íons de manganês e ferro dissolvidos ou de matéria orgânica que, quando em contato com compostos oxidantes, podem alterar os padrões ideais da água;

  • Turbidez: é o nível de espelhamento de luz da água, ela é causada pela presença de partículas e sólidos, como matérias orgânicas e inorgânicas, argila, sílica... A presença em alta quantidade desses componentes faz com que a turbidez aumente, aumentando também a dificuldade no processo de filtragem da água.


Já na parte de seu diagnóstico químico, são avaliadas toda composição química a fim de garantir a sua qualidade. Características como o pH da água, concentração de minerais, metais pesados entre outros.

  • pH: o pH não possui relação direta com sua qualidade, pois ele varia de acordo com as diferentes fontes a qual pode ser coletada. Apesar disso, segundo o Ministério da Saúde, o pH ideal da água para consumo deve estar entre 6 e 9,5. Isso se deve a um mecanismo que foi estabelecido com o intuito de facilitar seu tratamento, bem como garantir sua desinfecção e impedir a corrosão dos canais responsáveis por sua distribuição;

  • Concentração de minerais: a alta concentração de sais de magnésio e cálcio presentes na água provoca fatores muitas vezes desagradáveis. Por exemplo o ressecamento da pele, entupimento de canos provocado pela precipitação dos sais e a corrosão por onde ela passa;

  • Metais pesados: atos como o descarte indevido de resíduos industriais e a incineração de lixo urbano provocam a contaminação dos cursos de água com substâncias tóxicas como o chumbo, mercúrio, cádmio... A utilização dessa água contaminada pode causar danos à saúde tanto humana quanto dos animais.


Vale relembrar que a análise da água não é indicada somente para aquela destinada ao consumo, ela é de extrema importância também em setores industriais, na agropecuária etc.


Nesse sentido, as análises químicas são um conjunto de técnicas de laboratório e são utilizadas para identificar as espécies envolvidas em uma reação e suas quantidades. Essas análises abrangem três vertentes, sendo elas as imediatas, as qualitativas e as quantitativas.

  • Análise química imediata: ocorre quando as espécies da amostra são isoladas manualmente ou com ajuda de equipamentos a fim de serem estudadas;

  • Análise química qualitativa: onde se sucede a verificação das espécies da amostra, identificando-as. Possui como objetivo descobrir sua composição através de diversos fatores como ponto de ebulição, precipitação, reatividade etc.

  • Análise química quantitativa: é a mais abrangente, visto que além de saber do que se trata o material, ela ainda permite determinar a quantidade do componente em questão dentro da amostra. Geralmente calculados em porcentagem, fração ou proporção.


Com base nessas informações, você deve ter notado as inúmeras vantagens e benefícios de garantir a análise de água e análise química para sua vida e daqueles ao seu redor, garantindo credibilidade para sua empresa e maior confiança de seus clientes.


Nós da Núcleo Consultoria Jr realizamos esses e diversos outros serviços. Com qualidade e preços abaixo do mercado, vamos lhe proporcionar crescimento e qualidade.

Se interessou? Deseja fazer um orçamento gratuito? Acesse nosso site e entre em contato conosco.




Comments


bottom of page